Conexão Fortes RJ e SP: Fortes Tecnologia apresenta as tendências para o mercado contábil

Por Priscila Ribeiro Publicado em 14.09.2018

Conexão-Fortes-RJ Conexão-Fortes-RJ

Seguindo uma tradição de trazer à tona temas importantes para todo o mercado, o Conexão Fortes, realizado pela Fortes Tecnologia nos dias 03 e 04 de setembro no Rio de Janeiro e em São Paulo, respectivamente. A discussão que palco do evento foi “Contador 4.0: Da automação dos negócios à hiperconectividade”.

Fortes Tecnologia apresenta o futuro do ambiente contábil

Foram 8 horas de eventos nas duas cidades, 6 palestrantes e vários convidados presentes para uma das discussões mais importantes para o mercado contábil atual: o futuro desse segmento frente às novas tecnologias que estão cada vez mais perto e ativas no nosso dia a dia e como os contadores podem oferecer serviços de mais alto valor para seus clientes.  

José Carlos Fortes, CEO da Fortes Tecnologia

“Nosso objetivo com esses eventos foi permitir que os participantes discutissem e atualizassem seus conhecimentos. Abordamos temas relativos à inovação, gestão e vários outros pontos que são fundamentais ao novo momento pelo qual o mercado contábil vem passando e fico muito feliz com o sucesso dos dois eventos”, conclui José Carlos Fortes, CEO da empresa.

 

 

Convidados especiais

O Conexão Fortes Rio e SP  contou com a presença de importantes participantes, como  Vicente Sevilha, que administra a Sevilha Contabilidade, uma rede de franquias com mais de 30 escritórios em todo o Brasil. 

Sevilha abordou em sua palestra a importância da robotização para as atividades rotineiras dos contadores, o que permitirá que esses profissionais ganhem tempo para oferecer um trabalho mais consultivo a seus clientes.

Vicente Sevilha

“A todo momento, vemos novas tecnologias nos desafiando, a exemplo das grandes revoluções geradas por empresas digitais como Netflix, Uber, Airbnb etc. E o mundo dos contadores também deve prestar atenção a questões como Inteligência Artificial, Internet das Coisas e robotização”, explica Sevilha.

Segundo ele, todas essas tecnologias passam pelo nosso dia a dia e temos que aprender a tirar proveito delas e principalmente saber como atender melhor nossos clientes a partir delas.

“Muitos profissionais preferem se fechar para as novidades achando que a tecnologia é uma ameaça para o seu negócio. Mas a verdadeira ameaça é você não entender as necessidades dos seus clientes e não se atualizar”, destacou.

Saber aproveitar a tecnologia

Outro participante do Conexão Fortes Rio foi Hélio Donin, diretor de Tecnologia da Fenacon – Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas.

Hélio Donim

Donin falou sobre a necessidade de todos os profissionais do mercado trabalharem para melhorar os processos de relacionamento no dia a dia com os clientes, porque o digital chegou para ficar.

“A tecnologia não pode ser vista como uma inimiga. Ela ajuda a todos a melhorar os resultados, entregar mais qualidade, ter mais velocidade, reduzir custos, conquistar mais competitividade e oportunidades de novos negócios. Está havendo uma digitalização da estrutura fiscal e contábil ao longo dos anos e não podemos ficar de fora, porque a concorrência também está se atualizando”, explicou.

A transformação na contabilidade

Roberto Dias Duarte, mentor de negócios para empresários da contabilidade, foi outro destaque do Conexão Fortes em São Paulo. “O Conexão Fortes foi sensacional. A participação de todos os profissionais envolvidos contribuiu muito para a discussão”, avalia.

Segundo ele, a Tecnologia é um agente da transformação que está ocorrendo no setor de prestação de serviços contábeis.

“A questão é que adoramos mudanças, mas não gostamos de mudar. E na verdade, não é a tecnologia que está mudando o mercado. O mercado está mudando, no sentido de profissionalização e concentração de empresas, e é preciso agregar eficiência para as tarefas repetitivas de menor valor percebido para o cliente”.

Roberto Dias Duarte

De acordo com Duarte, o mercado de serviços contábeis no mundo soma 464 bilhões de dólares, mas 87% das receitas ainda vêm do nível de serviço básico, que é a conformidade legal.

“Nosso desafio agora é subir para o nível de consultoria, para a melhoria de desempenho das empresas, aconselhamento estratégico e planejamento de futuro, que são os serviços de mais alto valor”, destaca.

Inovação na contabilidade: A mudança real

Convidado especial dos dois eventos, do Rio e de São Paulo, Cristiano Freitas é um profissional com larga experiência na área tributária, especialmente em negócios web e tecnologia.

Cristiano apresentou em suas palestras como ele está utilizando a tecnologia para entregar um serviço diferenciado para seus clientes.

Conceito Inbound Marketing

Ele também mostrou como utiliza o conceito de inbound marketing para conquistar novos clientes para a sua empresa, a Syhus, que oferece serviços de contabilidade exclusivamente para startups e empresas de base tecnológica.

Ele se mostrou muito feliz em ter participado dos eventos.

“Acho que a iniciativa de fidelizar e trazer conceitos de mudança de tecnologia e tendências de mercado para contadores, agrega muito. Pudemos sentir na pele qual a necessidade que os contadores têm tido e ver como essa aproximação acontece”, destaca.

Cristiano ficou satisfeito em poder contribuir e conseguir concretizar o que é esta mudança para o público presente. 

“Essa transformação pode até parecer um bicho de sete cabeças, mas quando materializamos os próximos passos e mostramos que aquilo não é uma dor, mas sim uma oportunidade, temos um ganho fantástico tanto para o lado do cliente quanto para o lado da empresa”, finaliza.

Confira aqui a cobertura completa do evento no Rio de Janeiro e em São Paulo.


Compartilhe: